Vídeos

Automação de Marketing - 8 formas simples de começar a utilizar

Karine Borges
Escrito por Karine Borges em 7 de maio de 2021

Se você é interessado em marketing digital e Inbound Marketing, já deve ter ouvido falar em automação. Mas você já sabe o que queremos dizer quando falamos em automação de marketing?

Automação é o processo de colocar no automático, tornar o processo mais fácil e prático. Dessa forma, você poderá automatizar certos processos dentro do seu negócio e melhorar o seu relacionamento com seu público, além de poder acompanhar mais de perto os números – seja de conversões até abandono de carrinho – para poder trabalhar em cima deles.

No vídeo de hoje, eu te trouxe 8 formas de fazer automação de marketing. Como os fatores mais importantes para pensar automação são processos e emails de relacionamento, falarei de 4 opções para cada um deles, ok?

Ainda está perdido sobre onde e como fazer essas automações? Dá uma olhadinha nesse conteúdo que preparei sobre as opções de softwares de automação de marketing: vá até o subtítulo “Ferramentas de Marketing”. 

Quais emails podemos tornar automáticos e que vão contribuir para o meu relacionamento com o meu cliente?

 

1. Newsletter do blog

Crie uma automação para o envio de e-mail de boas-vindas! Assim que alguém se cadastrar na sua newsletter, faça um primeiro contato com ele, contextualizando o local onde ele converteu e se apresentando. 

Dentro desse e-mail, acrescente um CTA para que ele volte ao seu site, seja direcionado para um post blog, para um conteúdo falando sobre a história da sua empresa, etc. É muito importante que você crie uma ação a ser realizada para fortalecer o engajamento. 

 

2. Entrega de Material Rico

Digamos que você tem um ebook. Criou uma landing page e o conteúdo foi enviado assim que o usuário deixou os dados. Você pode amarrar melhor essa conversão, esse relacionamento, enviando um e-mail para ele também. 

Assim que esse usuário converter, envie automaticamente um e-mail agradecendo a conversão e disponibilizando mais uma vez o conteúdo para que ele o tenha sempre em mãos.

Quer saber mais sobre materiais ricos? Seu destino é esse vídeo: Quais tipos de conteúdos podem contribuir para geração e qualificação de leads.

 

3. Sequência de e-mails

A partir do momento que essa pessoa deixou os dados dela com você, programe uma sequência de emails com outros conteúdos que possam ser interessantes para ela. Selecione, por exemplo, três conteúdos do seu blog relacionados ao material que ela baixou, coloque em três emails diferentes e crie uma sequência com um intervalo de 5 e 7 dias entre um e outro. 

 

4. Abandono de Carrinho

Em e-commerce é muito importante você criar uma automação de marketing relacionada ao abandono de carrinho. A taxa de abandono é superior a 90%. Quando você se relaciona bem com a sua base e sabe aproveitar esse momento, é possível fortalecer e aumentar as taxas de conversão em venda. 

Minha sugestão é enviar um e-mail automático para ele, oferecendo uma oferta ou desconto para que ele feche o negócio naquele momento. 

Agora, vamos entrar nos processos. Os tipos de automação de marketing que vão auxiliar na execução dos processos internos, principalmente quando seus números começarem a crescer. Vamos lá?

 

1. Marcação de oportunidade

No marketing digital, existe uma ação que chamamos de levantada de mão. é quando uma pessoa demonstra interesse de forma profunda: ele solicitou um orçamento, enviou uma mensagem direta, solicitou o contato de um consultor. Quando isso acontece, é importante que o marketing consiga identificar que, para um número X de visitantes, X pessoas se tornaram uma oportunidade para vendas. 

Isso demonstra os resultados dos processos de marketing, é uma forma de justificar investimentos e descobrir quais são os canais que te trazem mais resultado. 

 

2. Envio de oportunidades para o time de vendas

Ter uma conexão entre o time de marketing e vendas é fundamental. É preciso que o envio dos leads qualificados aconteça de forma rápida para que possam ser trabalhados por vendas.

Os primeiros cinco minutos de contato com o consumidor são triviais para os resultados. Então, se as oportunidades não forem trabalhadas rapidamente, você perde o timing de contato com as pessoas.  

 

3. Marcar uma venda

Imagine que seu departamento de vendas gera diversas vendas por dia e você tem que marcar manualmente, uma por uma, no sistema de marketing? Isso é inviável, além de ter diversos pontos negativos. 

Saber quantos visitantes você adquiriu durante determinado período, quantas oportunidades foram passadas para vendas e quantas foram fechadas são dados básicos fundamentais para entender o funcionamento do marketing da sua empresa. Por isso, é importante que o fechamento desse ciclo de venda seja marcado de forma automática. 

 

4. Alteração de estágio de funil

Automação de marketing garante agilidade nas análises de resultados. E entender quantas pessoas estão em cada fase do seu funil é um dado fundamental. Conforme sua empresa cresce e estrutura melhor seus processos no marketing digital, mais difícil vai ficar para você mensurar o que está acontecendo seu uma automação.

Um dos momentos mais importantes é quando um lead se torna qualificado: ele ainda não realizou a “levantada de mão”, mas demonstrou interesse em conteúdos de fundo de funil, em produtos, passou muito tempo no seu site… Fazer uma abordagem consultiva com essas pessoas pode ampliar de forma considerável os seus resultados em vendas.

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assista também

Materiais ricos: Quais tipos de conteúdos podem contribuir para geração e qualificação de leads

Landing page de alta conversão - 5 problemas que você precisa corrigir

Como Fazer Landing Page - 9 Passos da Anatomia de Sucesso

CTA - 4 elementos cruciais para gerar mais conversões.

Blog e Inbound Marketing - Como extrair os melhores resultados do seu blog

Mídias Sociais - Como utilizar esta estratégia no Inbound Marketing