Inbound Marketing – A metodologia que vai revolucionar o seu negócio

Estratégia em Marketing Digital

Inbound Marketing – A metodologia que vai revolucionar o seu negócio

Karine Borges
Escrito por Karine Borges em 9 de julho de 2015
Assine para receber toda semana na sua caixa de entrada

Mais do que uma newsletter, uma imersão no universo digital

Eu digo para cada cliente que visito: “O site é o seu negócio virtual, não adianta tê-lo e não mostrar o que você faz, os produtos que vende…”. Um site não alimentado, é o mesmo que um endereço sem casa.

Na matéria, “Como a internet influenciou o processo de compra, eu falo como o consumidor pensa e age antes de fazer uma compra. Pense um pouco: O que os clientes dizem quando vão à sua empresa: “Eu vi no facebook esse produto”; “Pesquisei no google e encontrei o seu endereço”. Ou, ainda, “Você tem um site?”. Assim, as pessoas vão se munindo de informações antes da compra.

Então, se você quer pensar em como atrair esse novo consumidor, terá que estar presente onde ele busca por sua empresa, produto ou serviço. E é pensando em ganhar o interesse do consumidor que a metodologia do Inbound Marketing se baseia.

Mas o que é o Inbound Marketing?

 Para mim a melhor definição de Inbound Marketing é a da empresa HubSpot:

“Inbound Marketing pode ser considerado qualquer tática de marketing que se baseia em ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo.”

Então, podemos entender que o marketing digital é composto por duas partes: chamamos de Outbound Marketing o método convencional,  em que as empresas vão atrás dos clientes e de Inbound Marketing quando são os clientes que vão ao encontro das empresas que compartilham de conteúdos relevantes e que ajudam as pessoas com informações úteis.

Como funciona o Inbound Marketing?

 O Inbound Marketing não tem uma fórmula simples de se explicar, até mesmo porque é baseado na ideia de compartilhamento e criação de conteúdo relevante, que, alinhadas a diferentes ações de marketing digital e estruturadas em uma sequência lógica, formam uma verdadeira máquina de geração de Leads (contato propenso a negócios) e vendas.

Partindo-se do princípio que será trabalhado um público desconhecido, a ideia central é transformar estranhos em clientes e clientes em divulgadores. Para isso, existe uma metodologia e é sobre ela que iremos falar. Mas, antes de mais nada, é preciso fazer um estudo das personas, que são os possíveis prospects.

As 5 etapas da metodologia

Atrair: O primeiro passo é atrair visitantes qualificados para os canais da empresa, pessoas com potencial para se tornarem leads e posteriormente clientes.

Mas, primeiramente, é preciso fazer um estudo das personas, que são os possíveis prospects, e somente aí utilizar os meios necessários para conquistar a sua atenção.

Os meios que utilizaremos nesta etapa:

Blog – Você talvez já tenha ouvido falar na expressão “conteúdo é rei”, dita por Bill Gates, frente ao tamanho potencial visualizado na geração de conteúdo. E não tem como pensar em conteúdo e não pensar em blog. Então, saia da sua zona de conforto, escreva conteúdos de qualidade, traga algo novo para os seus potenciais visitantes, comunique-se com o seu público, leve a informação. O blog será útil durante todo o processo do Inbound Marketing, pois em cada etapa o lead buscará novas informações.

SEO – Otimização de Conteúdo para Ferramentas de Busca. A ideia central é pensar estrategicamente na produção de conteúdo de forma que fique atrativo para o Google e para o leitor. Resumindo: quer que o seu site apareça nas primeiras posições nas buscas do Google? SEO é o que ele precisa.

Compra de mídia – O investimento em links patrocinados é uma forma mais rápida de atrair visitantes. Isso não significa que você pode pular as etapas anteriores, pois todas são complementares. Conteúdo e SEO funcionam, mas demoram um pouco mais para aparecer, já anúncios no Google Adwords, Facebook Ads, Linkedin Ads e outros, podem além de agilizar o processo, orientar o trabalho.

 Converter: Agora é preciso transformar visitantes em Leads. Essa pode ser a dificuldade de muitos, quando o visitante já visitou o site, leu matérias, conheceu sobre a empresa, mas ainda não forneceu os seus dados para a empresa iniciar um contato. É o momento de oferecer algo para que, em troca, ele informe o email e/ou outros dados.

 Os meios que utilizaremos nesta etapa:

Ofertas relevantes – Para se ter os dados dos visitantes é preciso oferecer algo de valor em troca, como: eBook, webinar, whitepaper, teste gratuito, etc.

Landing Pages – Com a finalidade de capturar os dados dos visitantes, as ofertas são entregues em páginas de conversão, o que chamamos de Landing Pages. Nessa etapa, é preciso ser bastante persuasivo e gerar confiança para maior probabilidade da taxa de conversão.

Promoção da Landing Page – Divulgar esse conteúdo é trivial para o aumento da geração de leads, para isso use de Calls-to-action (botões, banners, links no site direcionados para a oferta) no site, e-mails promocionais, links patrocinados.

Relacionar: Estamos sempre trabalhando para aumentar o percentual de conversão, por isso é preciso se relacionar com os leads e encaminhá-los até o momento de compra. Vamos “esquentar” os leads.

 Os meios que utilizaremos nesta etapa:

Mídias sociais – Como o próprio nome diz é uma mídia para trabalhar o social. Aproveite para conversar com o público, estreitar as relações e oferecer conteúdos relevantes.

Email Marketing – Esse meio é a “galinha dos ovos de ouro”, é um canal direto com o lead, oportunidade de oferecer conteúdos de acordo com o seu perfil e momento na jornada de compra. Identificar suas características e focar uma comunicação segmentada de forma a educá-lo; identificar suas necessidades e até mesmo oferecer uma solução.

Automação de Marketing – Vamos automatizar o processo? Eu utilizo o RD Station, ferramenta de automação da Resultados Digitais, para fazer o acompanhamento de cada etapa do funil.

Vender: As chances de vender para um lead “quente” são 8 vezes maiores que para um lead “frio”. Nesse momento, a Qualificação dos Leads é muito importante. Para potencializar os resultados definimos o perfil dos Leads que são boas oportunidades para vendas, para só, então, passar para o setor comercial.

Analisar: Para a máquina continuar rodando bem, é preciso investir no que funciona e ajustar o que for necessário.

 

A metodologia do Inbound Marketing não permite que ela seja engessada. Os meios citados são alguns dos mais usados, mas não se limite a eles, use a criatividade.

Quer atrair mais visitantes para o seu site e fechar mais vendas? Nós ajudamos você com estratégias precisas de Inbound Marketing.