5 motivos pelos quais você não deve ignorar o linkedin

5 motivos pelas quais os profissionais de marketing de conteúdo e marcas não devem ignorar LinkedIn.

Com tantas redes sociais, é difícil se manter atualizado em todas elas. Então, você faz as atualizações, sempre que necessário: ‘tweeta’ algumas vezes por dia, posta algo espirituoso no Facebook e completa o seu perfil no LinkedIn.

O LinkedIn está se esforçando para se tornar o novo ponto de troca, absorvendo e promovendo conteúdos na esfera B2B (“bran to brand” ou traduzindo, “marca a marca”).

1.  LinkedIn Today: Um site que junta notícias novas para cada usuário torna o trabalho de um profissional de marketing de conteúdo um pouco mais fácil, colocando as informações relevantes na frente de leitores. O LinkedIn Today avalia manchetes e outros itens das quais as pessoas estão falando, de mais de 200 milhões de profissionais e os coloca na frente de pessoas em setores relevantes. Imagine, sua marca publica conteúdo, que é compartilhado não só por seus funcionários, mas pelo LinkedIn em si? O efeito cascata de compartilhamento do seu conteúdo no LinkedIn pode ser interminável.

2. LinkedIn Influencers: um grupo de líderes de pensamento escolhido a dedo, LinkedIn Influencers permite que os profissionais recebam atualizações de celebridades da indústria direito em sua página inicial do LinkedIn. Seus seguidores (mais de 85 mil deles) são susceptíveis a ver o conteúdo, e, graças ao algoritmo do LinkedIn, muitos são susceptíveis a ser membros do público-alvo para a sua empresa de fabricação medicamental.

3. Grupos do LinkedIn: Você já deve estar familiarizado com grupos do LinkedIn, mas talvez seja hora de olhar para eles a partir de uma perspectiva diferente. Existem vários grupos para todos os segmentos, especialmente no mundo B2B, por isso não tenha medo de buscar e se envolver. Grupos são ótimos lugares para postar conteúdo de sua marca, mas atenção: os grupos não têm como objetivo serem promocionais. Se você postar conteúdo, certifique-se de que é relevante, útil e educacional. Esse tipo de conteúdo vai ter a maioria das ações em todos os canais de mídia social, aumentando suas chances de novas perspectivas de vendas.

4. Integração do LinkedIn do SlideShare: SlideShare faz compartilhamento de apresentações, documentos e até vídeos simples, uma verdadeira vitória para quem trabalha com marketing de conteúdo. Com a sua integração com o LinkedIn, as marcas podem agora facilmente compartilhar o conteúdo com as pessoas nos mesmos setores ou outros setores relevantes em todo o mundo, o que torna o LinkedIn um ótimo destino de conteúdos B2B.

5. Conteúdo Patrocinado do LinkedIn: Por enquanto não há uma grande quantidade de informação disponível, no entanto, sabemos que o LinkedIn irá lançar conteúdo patrocinado, não muito diferente das histórias patrocinadas do Facebook. Os novos anúncios permitirão que as marcas promovam o seu conteúdo, incluindo eBooks, infográficos e conteúdo de marca ou outros segmentos específicos de seus seguidores.

Com esses passos em direção a uma melhor plataforma para distribuição, obter e publicidade de conteúdo, parece que o LinkedIn está se preparando para se tornar um centro de primeira para o conteúdo que vai ajudar os profissionais a fazerem o seu trabalho melhor.

Viu como é importante fazer parte do LinkedIn?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *